Projetos

Além do Acolhimento Institucional de crianças vítimas de violência doméstica, que é a nossa missão primordial, trabalhamos também no sentido de garantir uma vida nova para as  crianças ao final do período em que permanecerem na Casa. As famílias das crianças acolhidas recebem nossa orientação e total apoio para a superação dos problemas que deram motivo à atuação do Conselho Tutelar e da Justiça. Mas, infelizmente, o processo de recuperação familiar nem sempre acontece de forma desejável e, muitas vezes, o retorno da criança ao seio de sua família biológica torna-se inviável.


Nesses casos, a Justiça defere a adoção da criança, um processo que pode ser um pouco mais fácil para  recém-nascidos e bebês, porém,  para os maiores….É através do projeto Captação de Famílias Substitutas, que a Casa de Belém vai em busca de famílias que estejam dispostas a adotar justamente as crianças cuja faixa etária, cor ou necessidades especiais, não atendem as exigências da maioria das famílias adotantes. Uma vez concretizada a adoção, as crianças e suas famílias substitutas recebem orientação e acompanhamento psicológico por um período mínimo de  seis meses.


Ao longo de todos esses anos de trabalho, sentimos ainda a necessidade de realizar um trabalho preventivo junto às famílias em situação de vulnerabilidade social, evitando que a necessidade econômica acabe por gerar violência física ou abandono de suas crianças. É o projeto Criando Laços, que faz o acompanhamento e auxílio de famílias em situação de risco.

Os comentários estão encerrados.